Por que homens precisam de uma pausa antes de “dar mais uma”?

Por que homens precisa de uma pausa antes de dar mais uma.

Ninguém sabe, diz estudo… mas vamos ver o que especialistas falam sobre.

Se você perguntar a um especialista em sexo por que leva tempo para um homem iniciar outra relação sexual após o orgasmo, você pode ouvir o termo “prolactina”. A prolactina é um hormônio, que nas mulheres está relacionado à produção de leite após o parto. Por outro lado, nos homens, é liberado em grandes quantidades no corpo imediatamente após a ejaculação. Portanto, o atraso para “mais uma”, ele se tornou o principal suspeito. Na ciência, esse intervalo é chamado de período refratário após a ejaculação.

No entanto, um estudo tentando confirmar que a prolactina é a causa do período refratário acabou provando o contrário. Pesquisa realizada pela equipe da Dra. Susana Lima do Centro Champarimod de Portugal, mostra que mesmo que esse hormônio não seja produzido, pode ocorrer um período refratário.

“Quando iniciamos este trabalho, queríamos explorar essa teoria. Na verdade, nosso objetivo é estudar com mais detalhes o mecanismo biológico de produção de prolactina no período refratário. No entanto, o teste em ratos trouxe O resultado surpreendente fez o mecanismo por trás do período refratário, mais uma vez, um grande mistério.

Por que se suspeitava da prolactina?

Susana Lima explica que alguns achados apontam a prolactina como a principal causa do período refratário. Muitos estudos têm mostrado que esse hormônio é realmente liberado no corpo junto com a ejaculação em humanos e ratos. Além disso, outros estudos mostraram que homens com altos níveis de prolactina têm menos libido e têm maior dificuldade de orgasmo ou ejaculação. Esses problemas podem ser revertidos com o uso de remédios que inibem a produção de prolactina.

“Todos esses resultados indicam que a prolactina inibe o comportamento sexual masculino. No entanto, nunca houve uma relação direta entre os hormônios e o período refratário após a ejaculação. Mesmo assim, essa teoria ainda está circulando e agora aparece em livros e reportagens. “Especialista explicou.

O que a nova pesquisa encontrou?

No estudo português, os cientistas realizaram vários testes em ratos e animais cuja sequência de comportamento sexual é muito semelhante à dos humanos. Por meio de várias operações e exames de sangue antes, durante e após a relação sexual, os pesquisadores descobriram que mesmo em animais que impedem completamente a produção de prolactina, ou seja, pessoas que não liberam prolactina após a ejaculação, haverá um período refratário.

“Se a prolactina é realmente necessária durante a lactação, então os machos sem prolactina devem recuperar sua capacidade sexual mais rápido do que os ratos do grupo de controle (sem a produção de hormônios). Susana Valente, co-autora do estudo, disse, mas eles não se recuperaram.

Agora, dizem as duas pesquisadoras, é hora de voltar a investigar o tema sem ter a prolactina como principal hipótese. “Nossos resultados indicam que a prolactina é muito dificilmente a causa. Agora, podemos avançar e tentar descobrir o que realmente acontece”, afirma Susana Lima. “As possibilidades são muitas”, acrescenta.

Mas se você está afim de uma rapidinha ou demorada… esse não é seu problema, acesse nosso site e escolha uma linda garota pra gozar a hora que você quiser sem problemas.